Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOUTOR SOBE-NO-TIJOLO-DE-TAL

DOUTOR.... DE TAL

Doutor sobe-no-tijolo-de-tal,
subiu no tijolo, numa praça um dia.
Falou do bem, praticou o mau.
Sobre o país estendeu sua miopia.

E falando por demais eloqüente,
Doutor sobe-no-tijolo de TAL,
fingiu proteger o pobre indigente,
chorou com os órfãos...choro sem igual!

OH! pobre cego o sobe-no-tijolo!
pensou ter enganado tanta gente...
viveu na expecttiva, em tal endolo
q'encontraram seu corpo ainda quente...

Não se sabe de qual mão assassina,
o golpe de miserocórida saiu...
unânime concordou a multidão amofina:
- do tijolo seu SOBE-NO caiu...
                             
                          !!!só caiu! e não levantou.
* poema editado no livro ENCONTRO EM 1983 ... o que mudou de lá até cá???
bjs
Imaculada Catarina
KYRIADALUA
Enviado por KYRIADALUA em 30/11/2007
Reeditado em 01/12/2007
Código do texto: T759744

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
KYRIADALUA
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
158 textos (62206 leituras)
1 e-livros (25 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 03:39)