Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEUS POETRIX (na natureza)

Meus poetrix (na natureza)


cai à noite
com seu manto negro
me encobre

eu saio a rua
procuro no escuro
encontrar a lua

mas ela não vem
o céu esta nublado
estrelas não têm

sento na calçada
ainda com esperanças
a brisa sopra gelada

de repente chove
relâmpagos cruzam o céu
a natureza explode

na voz do trovão
que se perde na distancia
a cantar sua canção

saio da calçada
no ar sinto o cheiro gostoso
de terra molhada


sinto escorrer
pelo meu corpo a chuva
com frio a tremer

da chuva me despedi
voltando para casa molhado
seguido pelo trovão, parti!













Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 25/11/2005
Código do texto: T76000
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147475 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:06)
Volnei Rijo Braga