Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Caçador de pipas - Poesia on-line


“Na verdade sempre desejei tocar uma estrela
Mas nunca tive linha suficiente para chegar lá...”

Papel de seda. Todo vermelho
Varetas de bambu.
Cola de arroz.

Sou feito de coisas antigas
Nunca tive cerol, nem pó de vidro
Pois vivo de construir minha própria vida.

E se hoje sou esta pipa simples
Feito de meus próprios desejos
E de forma simples é que o céu
Nunca deixará de ser meu limite.

Meu fio é a mente que liga
E minha mensagem
São meus poemas que caço.

Quem nunca mandou
Uma mensagem para o céu?
Lorenzo Giuliano Ferrari
Enviado por Lorenzo Giuliano Ferrari em 01/12/2007
Código do texto: T760313
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lorenzo Giuliano Ferrari
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
1817 textos (50952 leituras)
1 áudios (2457 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 14:38)
Lorenzo Giuliano Ferrari