Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO CANTO DA ALMA....

Mordo a caneta,
no canto da boca.
Planeta inteiro,na bola
de papel que eu amasso.

A caneta contempla o momento,
e morde-me por dentro a vontade.
Salvo rascunhos apavorados.
Mudo os meus rumos enluarados.

E o branco desorienta-me a face
molhada...
E o título por vezes chega,sem dizer
nada...


Mordo o poema,
no canto da alma.
E o planeta,no papel
amassado...
Vira cometa,
Arremessado.

E eu continuo mordendo
vontades, no canto da lua...
Luciane Lopes
Enviado por Luciane Lopes em 01/12/2007
Código do texto: T760665

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciane Lopes
Mirassol - São Paulo - Brasil, 46 anos
1215 textos (60418 leituras)
47 áudios (3088 audições)
1 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 16:42)
Luciane Lopes