Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Rio Itararé Que Passa na Novela da Globo é Feio. O Rio Itararé é muito mais bonito

O Rio Itararé Que Passa Pela Minha Aldeia

O Rio Itararé
Que é o mais belo rio que passa por minha aldeia
Nascendo lá muito mais majestoso é
Do que aquele riozinho de estúdio na novela feia...

Porque o Rio Itararé
Sai da pedra, vai e volta, sonoro serpenteia
E a lapa de pedra da gruta da santa com fé
O rio itarareense em lágrimas do céu margeia

O Rio Itararé
Não é o rio da novela – e nem mesmo aquela santa
Porque a catedral do Itarareense está na Infinita Sé
Quando a andorinha notívaga de celestidade se imanta

O Rio Itararé
Não cabe numa novela, num canal de tevê, num tubo da televisão
À beira do rio santo o Itarareense tira a sandália do pé
E em berço esplêndido de luz lava a alma etérea e o altivo coração

O Rio Itararé que se vê estranho e diferente no tardiscar da novela
É falsa imaginação e um desmanche de pobre fantasia
Na terra-mãe a renda da espuma flutuante do rio é muito mais bela
E o milagre é de espiritualidade com a natureza em sintonia

O Rio Itararé não é global, é encantário, mágico, ninhal, infinito
Cabe na alma, no espírito; na pele honrada da gente
E depois o Rio Itararé é muito mais bucólico, pitoresco, bonito
E vem no DNA do que o seresteiro de Itararé sente

O Rio Itararé é cênico, fílmico, letral, polissinfõnico e eterno
E se passa na tez chão, no tembé, no espírito, na bandeira e até na divisa
Porque saber o Rio Itararé e levá-lo no coração por ter-no
E só em Itararé corre o Rio Itararé onde em chão de estrelas se eterniza
-0-
Poeta Silas Corrêa Leite – da Estância Boêmia de Itararé-SP
www.itarare.com.br
E-mail: poesilas@terra.com.br
Ver blogue de Itararé: www.artistasdeitarare.zip.net





 
Poetinha Silas de Itararé
Enviado por Poetinha Silas de Itararé em 01/12/2007
Código do texto: T760947

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Silas Correa Leite). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poetinha Silas de Itararé
Itararé - São Paulo - Brasil, 65 anos
141 textos (51063 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 19:28)
Poetinha Silas de Itararé