Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Entre quatro paredes

Minhas paredes não falam, mas tem ouvidos
Elas ouvem, mas não se mexem
Seguem quase que insignificantes
Sem se importar com o que se passa ao redor
Mas estão sempre lá, e tem o seu papel na vida real
São as responsáveis por nos manter trancados do lado de dentro
Na solidão... solitários... enquanto ao tempo indiferente somos
Não há comparação... não existe "que" e nem "por quê"
São quatro paredes, um quarto de uma casa
Um quinto do que não somos
Um sexto sentido que não temos do lado de fora
Um sétimo da vida que passamos a ter,
De um inteiro que é a nossa...
Podíamos ser simples como uma folha de papel
Pronta a receber o que estiverem dispostos a nos dizer
Mas não! Vivemos complicando tudo... vivemos por assim nos complicar... e não achar saída... nesse complexo labirinto...de palavras e atos sem sentido... onde só o silêncio nos resta escutar...
Entre quatro paredes... as paredes estão lá...
É exagero dizer que ninguém te ouve...
Mesmo quando quem te ouve não te entende
E todos os conselhos não são suficientes
Elas estão lá... as paredes!!!
João Paulo Brubacher
Enviado por João Paulo Brubacher em 02/12/2007
Código do texto: T762369

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Paulo Brubacher
Esteio - Rio Grande do Sul - Brasil, 31 anos
33 textos (1098 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 12:00)
João Paulo Brubacher