Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Flor que morre no jardim
Alma, que entra em depressão,
um amor que chega ao fim
vai encerrando uma união.

Muitos anos de puro amor
tanto amor e dedicação,
hoje, estou num mundo de dor
na sepultura da escuridão.

Lembro dos tempos de menino
quando teve inicio a paixão,
agora, condenado pelo destino
sentindo as dores da traição.

Minha alma esta ferida
estou no mundo da solidão,
ela destruiu a minha vida
ela matou o meu coração.

Não me amava, eu não sabia
tudo não passava de ilusão,
fez o que eu não merecia
me pagou com a ingratidão.
GIL DE OLIVE
Enviado por GIL DE OLIVE em 03/12/2007
Código do texto: T763306
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GIL DE OLIVE
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil
2597 textos (229960 leituras)
31 e-livros (2314 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 14:38)
GIL DE OLIVE