Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESPERANDO NA PRAÇA






Enquanto eu esperava a noite chegar,
sentei-me no banco no meio da praça.
A luz  muito fraca já não alumia
a grama molhada, escorregadia.

Enquanto o tempo depressa corria,
Eu, que já ficara sentado, sentia
o frio que vinha e era soprado
e eu ficava sentado e molhado.

A minha companheira, a derradeira,
até já passara da hora de chegar
e meu pensamento, a todo o momento,
tentava encontrá-la em qualquer lugar.

A lâmpada  acesa pouco  iluminava,
gotas de chuva continuavam cair;
nas  ruas  vazias, somente  se  olhava
carros apressados passarem e sumir.

E assim foram  passando as horas vazias,
eu apenas esperava uma sombra vadia,
e, por mais que tentasse achar atrativo,
compreendi  que o atraso tivera motivo.



 30/11/04-VEM


Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 04/12/2007
Reeditado em 09/04/2009
Código do texto: T764034
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (111942 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 05:07)
Vanderleis Maia