Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As intermitências da noite

nas olheiras da noite
meu peito
            invade
                   o silêncio

os olhos profundos
abarcam a dor
de tudo no mundo
ser frágil, imenso

sou todo olhos
na percepção terrena
das dores serenas
às vezes cálidas
às vezes perenes

ao som das sirenes
fecho as janelas
do alto da casa
no coração da favela

daqui eu também sinto o mundo
                         do meu jeito
                                pobrico
                                    e só
                                      ...
Permart
Enviado por Permart em 05/12/2007
Código do texto: T765931

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Permart
São João de Meriti - Rio de Janeiro - Brasil, 36 anos
21 textos (695 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 21:40)
Permart