Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ausência

Um choro represado...
Lamentos...É noite.É silêncio.
Sente meu calor amor...Onde estás, porque tanta ausência?
Seja o alimento, o pão, a água...
Seja meu ar...Minha essência.

Toma pra perto de ti corpo que te deseja...
Habita no imo de minhas entranhas,
Revela magia de ser tua mulher...
Possua, obstrua o prazer...Corrompe a alma insana.

Gemidos pra que não ouça...Sussurros de amor pra
Que jamais saiba o que grita minha paixão...
Onde está ternura de meus sonhos?
Porque não vê minha dor de ti?

E se visses terias compaixão...
Nada é iguala ao meu desatino...À minha procura do teu gosto.

Uma fusão de cheiro almiscarado com sândalo chega no vento...
È tu que vens...Sinto...Pressinto...E vens...
Esvazia templo cheio de tua ausência...

Cida Luz
15/11/07
Cida Luz
Enviado por Cida Luz em 06/12/2007
Código do texto: T766985

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cida Luz
Planaltina - Distrito Federal - Brasil
190 textos (16737 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 14:56)
Cida Luz