Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Esqueças desse peão

Nesse velho verso tento lhe dizer
O tanto que sofri sem ti
Mas antes da estrofe morrer
Saibas tu que sobrevivi

Tentei por meios convencer
Você a não partir
Mas a escolha foi feita e mesmo sem querer
Fiquei aqui sem poder fugir

Nuvens brandas passaram
Dias novos vieram em paz
A turbulência e seus ventos se foram
E tu nada mais faz

Mesmo assim quero que saiba
Que não há dia sem sol que nasça
Nem noite aberta que caiba
Nem minuto algum sem a sua descrença

Tento sempre me lembrar
Dos bons momentos
E por mais que vejo o tempo passar
Jamais esqueço dos nossos tormentos

Vai te então
Volte para o seu lugar
Esqueças desse peão
Que um dia soube te amar.
L Nissola
Enviado por L Nissola em 06/12/2007
Reeditado em 19/02/2008
Código do texto: T767811

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
L Nissola
Curitiba - Paraná - Brasil
65 textos (3852 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 03:18)
L Nissola