Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Querer amordaçado

No breu do silêncio,
navego numa esperança
sem prumo... Sigo a rota!
à procura do rumo...

Assusta-me!!!
A palavra nua,
estendida friamente,
sobre  o leito da razão ...

Encosto às margens
do porto do meu desejo,
do porto fiel da
minha solidão...

E nos olhos do
meu pensamento
te faço: sonho de
alento e emoção...

Na liberdade do
sonhar...
A ilusão do meu querer
me leva a desvairar!

Sem saída...
Miro ao longe o teu retrato.
Te vejo: vida, alma,
 homem, corpo abstrato!

Que em sono profundo ou
em outro corpo entrelaçado,
nem sequer desconfia,
desse meu querer amordaçado...

Cris / Dezembro / 2007.


Ana Cris M
Enviado por Ana Cris M em 07/12/2007
Código do texto: T769165

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Cris M
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
322 textos (28497 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 04:10)
Ana Cris M