Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESILUSÃO POR UM FALSO AMOR

 Nesta noite chuvosa e fria,
 em que a saudade me aperta o peito,
 minha alma foi tomada pela melancolia;
 Meu coração você feriu de jeito.
 destruiu a minha esperança, meu desejo de felicidade.
 Pensei ter encontrado um amor perfeito.
 Percebi que você nunca pôde me amar de verdade.



  Caminhando por esta praia deserta,
  fico o teu rosto recordando
  como se fosse uma imagem recém descoberta.
  Bem no fundo dos teus olhos fico olhando,
  com se estivesse diante duma estrela cintilante.
  Posso sentir teu coração bater mais forte.
  É tarde para o teu arrependimento tardio;
  Fui por você profundamente magoado.
  Aqui onde estou, a saudade que sinto de você desperta.


 Nesta noite chuvosa e fria
 em que  me encontro desiludido,
 caminho por esta praia,
 procurando tentar te esquecer;
 Mas confesso que tudo isso me deixou com o coração partido.

   
  O amor que por você sentia
  era a mais pura verdade,
  e a cada novo dia,
  mais você teria a minha fidelidade.
  Não esquecerei que você me trouxe a alegria,
  a esperança de uma nova felicidade.
 
 
  Às vezes penso
  que algum dia eu tive o seu amor.
  E que você teve o meu.

  Ah!,se soubesses o quanto estou sofrendo,
  creio que não terias me machucado,
  se tivesse tido um pouco mais de cuidado,
  não estaria me sentindo triste.
   
 

   Ah!,agora que tudo terminou
   creio que é chegada a hora de recomeçar,
   uma nova vida, quem sabe em uma embarcação:
   em alto mar.
   Vou me aventurar por lugares distantes,
   estes em que alguém nunca chegou antes.


    Em amor eterno tinha crença,
    tantas eram as minhas esperanças.
    Sentia-me mais seguro com sua presença.
    Quantos sonhos, que parecíamos duas crianças.


     Ah!, meu falso amor,
     de você não sentirei saudade,
     disso eu quero que tenhas certeza.
     Juro que vou te esquecer,
     não importa quanto tempo vá demorar.
     Essa mágoa comigo levarei para onde for.


      Nesta noite chuvosa e fria
      pela praia deserta caminho,
      se hoje estou triste,
      amanhã quem sabe esteja melhor.
      Para esquecer esse sofrimento, basta um novo dia.
CARLOS BOSCACCI
Enviado por CARLOS BOSCACCI em 27/11/2005
Código do texto: T77136
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS BOSCACCI
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 33 anos
401 textos (25452 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:33)
CARLOS BOSCACCI