Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Retirante

Angola da miséria,
Ágape do mundo,
Zimbábue da tristeza.
Ele subiu o alto da colina...
Congo da desgraça.
Vejam aquele brilho...
Sahel morreu de fome.
Zaire do desperdício,
São Paulo do erro...
Pau-brasil.
Arlindomano:
- Adeus madrinha. Vou para o Irã.
Argentina do sul, Merdasul...
Sim, o menino se foi.
Alemanha do fracasso.
- Vá com Deus e que Ele o proteja!
São Paulo, centro do desespero,
Margem de solidão.
Achou a fome em união com a morte...
A fome surgiu como sua melhor amiga,
Única companheira.
Brazil da vaidade.
Olha, morrendo, ali...
- Eu sou seu filho morto, esquecido!
Brazil...
Eu te amo minha mãe.
Não chora, porque não vive... Vive... Vive.
Afeganistão rico?
Bezerro da maldade.
Ajuda aquele ali...
Queimando...

A dor das mãos, a dor dos pés...
Por quê?
Sofreu o Jesus de Israel.
Mas fui eu o culpado?
Brazil, a dor do seu eterno amor.
A dor do que causa o pecado.
Soweto,
É povo,
É miséria... Afrikan.
Olha aquele no...
Está morto...
Nordeste.
Na seca, sem estar seco de raiva.
- Ele dorme?
- Não (felizmente) morreu...
Nordeste...
De lá, morre (sem esperança) cá.
A guerra obscura, silenciosa...por dentro.
- Sua filha não me deixa em paz!
- Bate-me e vai viver com ela!!!
Viver, viver, viver, viva, viva, viva, a vida.
Chora, porque morreu...
Do nordeste...
Nordestino...
Abra o olho e veja... Olhe... E fuja.
Honduras daquilo lá.
Não! A fome morreu por que matou...
Nordeste...
Seca.
O mal nas costas, minhas costas... Trevas.
Está escuro...
O medo... O choro... O desespero
- Vai embora e me abandone aqui, Brazil!!!
Veja... Olha...Morto aqui está...
Brazilian.
No chão, o frio está com fome.
O Brazil é campeão... É penta...
Nordeste...
A fome é campeã...
É morte...
Seca...
Veja!
Abaixa, abaixa e olha o rapaz morto!
Ele comendo... Vermes, morrendo... A seca.
Ele morreu na sombra, sem vida, da cidade.
K Lorca
Enviado por K Lorca em 28/11/2005
Reeditado em 19/08/2006
Código do texto: T77414
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
K Lorca
São Paulo - São Paulo - Brasil, 33 anos
105 textos (9930 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:08)