Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mulher 2006

No meio dos escombros da devassidão
surge a mulher liberta, a companheira,
a tal, que soprada da costela de Adão,
o tem servido durante a vida inteira...

A mãe, fonte da esperança derradeira,
sublime prova de que o amor existe,
seara humana, escrava, assaz guerreira
que impõe às trevas a luz e não desiste...

Uma temporal montanha ainda persiste
avassalando-a, limitando-lhe a mente,
exibindo-a como qualquer mercadoria...

Mas ela não se intimida, heróica resiste,
a florir a terra nua e crua onde a gente
continua celebrando o Natal em cada dia.

♥ * ♥ * ♥

Se porventura quiser apreciar este soneto sob um fundo musical adequado, introduza o endereço adiante inserto numa outra opção e, obtida a respectiva abertura, baixe a janela sonora.

http://www.anos60.com/latina/luis_miguel/luis_miguel_suena.wma
António Torre da Guia
Enviado por António Torre da Guia em 01/12/2005
Reeditado em 01/12/2005
Código do texto: T79323
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Torre da Guia
Porto - Porto - Portugal, 77 anos
8 textos (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:44)
António Torre da Guia