Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ausência

Ausência
De Iolanda Brazão

Como falar de você?
Já nem sei ...
Seria como falar de tempestade, imensidão
Avalanches de inconstância falta de direção
Que apesar de ter um coração
Age e pensa sem emoção
É filósofo e não usa a imaginação
Mesmo fazendo promessas, cai em contradição
Apenas por olhar em uma só direção
Não admitindo nunca a falta de percepção
Mesmo usando a lógica
Acaba na disperção
Assim sendo, vive sem ilusão
Pois pra você o amor
È só um detalhe, hipocrisia
Carinho! Pura mentira
Por tudo isso, segue seu dia a dia
Com tão pouca alegria
Totalmente pobre de amor
Afastando todas as possibilidades de viver em sintonia
Como qualquer ser do planeta terra
Daí,não dá pra falar de amor
Já que você é ausência de tudo
Que absurdo!

Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 01/12/2005
Código do texto: T79580

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
343 textos (32021 leituras)
3 áudios (627 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 06:59)
Iolanda Brazão