Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FICO SEM ESPERANÇA



 Quando  vejo a criança ficar ao relento,
 procurando encontrar o próprio sustento,
 diante daquele que passa,
 ALHEIO AO SEU SOFRIMENTO;

 Quando pessoas se vendem por nada,
 procurando com isto simplesmente viver,
 SEM NADA SABER;
 
 Quando vejo mulheres  que se portam
 como se fossem apenas objeto de
 desejos carnais,
 ATÉ DE ANIMAIS;

 Quando eu vejo a justiça
 quase toda corrompida,
 apenas livrando aquele
 QUE PAGA MAIS;

 Quando vejo as igrejas lotadas de pessoas,
 que seguem um plano que foi concebido,
 para manter seus fiéis,
 PRESAS SEM SENTIDO;

 Quando vejo as cidades repletas de gente,
 mas vazias de espírito,
 só me resta ouvir o seu grito
 EM FORMA DE LAMENTO;

 Quando o cidadão que se porta de forma decente,
 e procura educar os filhos da gente, mas que morre
 no instante, que ousa falar ou que tenta
 MUDAR AQUILO QUE SENTE;
 
 Quando  vejo a TV
 que devia ensinar e formar cidadão,
 até servir de  exemplo à população,
 mas apenas incentiva,
 A DISSOLUÇÃO;
 
 Quando  vejo a mulher que devia educar
 os filhos que geram,
 se portarem no mundo,
 COMO SIMPLES MEGERA;

 Quando vejo o pai
 agredir  a criança
 que,ainda indefesa,
 MORRE SEM ESPERANÇA;

 Quando vejo o filho de forma cruel
 matar os seus pais,sob impulso da emoção,
 ao ouvir do  seu pai,
 UM SIMPLES NÃO;

 Quando todos os dias as notícias
 só falam de guerras,
 e da destruição da própria terra,
 e do homem mata,
 SEU PRÓPRIO IRMÃO;

 Quando a carne humana é mercadoria,
 exposta como é  em todos os lugares,
 aguçando desejos de todos que vêem,
 FORA DOS LUPANARES;

 Quando a mediocridade
 toma conta do poder,
e dita normas sem nada saber,
 o por quê das coisas, e
 O POVO OBEDECER;

 Quando se descortina um novo futuro,
 diante do quadro horrendo que vejo,
 pessoas se  vendem,
 POR SIMPLES DESEJOS;
 
 Quando nossa justiça amordaça a verdade,
 condena o pobre por falta de igualdade,
 liberta o corrupto,
 O TIRA DAS GRADES;

 Quando a sabedoria é presa todos os dias,
 por quem deveria ensinar a verdade,
 diante de interesses escusos,
 DA SOCIEDADE;

 Quando vejo as mães exporem as filhas
 em trajes pequenos,procurando vender
 as carnes que ostentam,
 POR DINHEIRO OU PRAZER;

 Quando vejo pessoas drogadas
 em todos os lugares,
 nas ruas, nos bares,
 EM TODOS OS LARES;
 
 Quando os pais estupram as filhas todos os dias,
 diante de todos e nada acontece,
 não prendendo, no entanto,
 QUE À LEI CONHECE;
 
 Quando vejo as doenças aumentarem
 todos os dias, no mundo da ciência,
 ocasionadas, no entanto,
 PELA DECADÊNCIA;

 Quando se gasta milhões
 para salvar uma vida,
 e outros abusam do poder de matar
 e todos ficam,
 SEM RECLAMAR;

 Quando a comunicação deturpa a verdade,
 forma opinião lesando assim o cidadão,
 vendendo a mentira como solução,
 DE TODOS PECADOS;

 Quando multidões se portam como bando
 sem rumo ou destino,
 vivendo apenas do desatino,
 se parecem com gado,
 INDO PARA O CERCADO;

 Quando os sábios são ridicularizados,
 num mundo repleto de imbecis,
 por não compartilharem
 das mazelas do mundo,
 QUANDO DÃO SEU RECADO;

  Quando vejo políticos com gordos salários,
  enganando a todos,
  falando do erário,
  seus  eleitores,
  SÃO SIMPLES OTÁRIOS;

 Quando enormes quantias são desviadas,
 do nosso erário de todas as maneiras,
 e tudo parece,
 ATÉ BRINCADEIRA;

 Com tudo que vejo, que em nada acrescenta
 ao homem que quer, sair do marasmo,
 aprender e viver de acordo com tudo,
 QUE PRECISA APRENDER;

 "Se diante de tanta falta de esperança,
 não surgir algo de novo que possa mudar
 o quadro que se descortina diante dos olhos,
 com certeza nenhuma esperança nos resta,
 a não ser esperar que as transformações
 anunciadas, mude de forma radical o mundo,
 para que possamos novamente,
 sermos considerados homens".


31/12/04- VEM.


Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 02/12/2005
Reeditado em 08/07/2008
Código do texto: T79989
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (110782 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:00)
Vanderleis Maia