Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada Sou

Nada sou,apenas palavras
Palavras ,poemas,poesias
Palavras ao vento,
Se tudo que digo
Entrar num ouvido e sair no outro

Nada sou, apenas sou
Apenas eu mesmo
Sem mascará,sem disfarce
è tudo que sou
Eu mesmo, nem mais nem menos
Tudo que sou

Sou erro,acertos
Felicidade e tristeza
Momento e momentos
Universo de sentimentos
Tudo que sou
Nem mais nem menos

Exatamente é quem sou
Forasteiro .viajante
Das emoções,dos sentimentos
A cada palavra
Medida a cada momento
É tudo que sou

Nada sou,apenas sonhos
Sou o querer,o acreditar
Sou a esperança no impossivel
A certeza no incerto
Sou a verdade que dói,sem doer
Sou o querer no poder

Sou eu ,exatamente eu
Nem mais nem menos
Quem dera se fosse mais ou menos
Sou palavras em um poema,mas sou

Sou vida que persiste,
Sem motivo para persistir
Mas sou eu mesmo,com a certeza
De não ser nada além do que sou
Deoclécio Rodrigues
Enviado por Deoclécio Rodrigues em 02/12/2005
Código do texto: T80071

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Deoclécio Rodrigues
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil
107 textos (5269 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:40)
Deoclécio Rodrigues