Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANDO PELA VIDA PENSANDO NA MORTE

No bolso trago sempre uma vela,
Ando pela vida pensando na morte,
Vivo numa “comunidade”, antigamente  favela,
E se prossigo vivo é por pura sorte.

Mudar-me de lá um dia hei,
Moro da “boca de fumo” bem rente
Na linha de tiro entre o “tráfico” e a lei,
E  a morte não me sai da mente.
 
Meu barraco é varado de bala,
De tão arrombado já nem tem porta,
Não mais me abriga e ninguém me ampara,
Sou homem de bem, mas quem se importa?

Minha mulher já se foi, morta.
Um tiro no peito sua vida tirou.
“NA  PORTA DA BOCA AMANTE DE TRAFICANTE É MORTA”,
Foi a manchete que no dia seguinte o jornal estampou.

Notícia idiota, mentirosa, oca.
Pra  verdade ninguém ligou:
Na porta da boca
Fica o barraco onde ela morou.

“Na porta da boca de fumo”,
Bem defronte, ficava o seu lar.
No dia da morte era pra lá o seu rumo,
Voltava pra casa depois de trabalhar.

E eu falei, gritei, esbravejei,
Que minha esposa não era do mau.
Que era uma mulher de bem.
Mas  tudo se misturou num mesmo carnaval.

Viver na favela é aviltante.
Sendo mulher é puta,
Sendo homem é traficante,
Não importa seu trabalho, sua luta.

Sim, carrego comigo uma vela,
Que acendo sempre que vejo
Um defunto esticado na favela,
Mas não rezo, só praguejo.

Praguejo contra a hipócrita sociedade,
Que não respeita uma vida pobre, mas honesta,
Que acha que pobre não tem dignidade,
Que pobre,  só por ser pobre, não presta.

Pra polícia é matar e de bandido rotular,
Honestidade de pobre ninguém atesta.
E em cova rasa o defunto enterrar,
É pra família do pobre o que resta.

E foi o que me restou.
Enterrei em cova rasa minha consorte
E agora ando pela vida pensando na morte.

Hegler Horta
Hegler Horta
Enviado por Hegler Horta em 02/12/2005
Código do texto: T80176
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hegler Horta
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 70 anos
153 textos (6883 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:51)
Hegler Horta