Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


                              ANÕES    POLÍTICOS

                       Recordando  minha  infância ,
                       tempo  de  sonho  e  ilusão ,
                       na  minha  mente  infantil,
                       ficava  à  engrandecer ,
                       aos  que  governavam  o  Brasil .

                       Na  minha  imaginação , 
                      de  criança  inocente ,
                      eu  ficava  fascinada ,
                      com  a  pompa  e  tratamentos ,
                      que ,  aos  homens  políticos,  era  ofertada .

                      Eram  títulos  de  valor ,
                      que  os  agentes  da  cena  pública  recebiam ,
                      e ,  no  meu  coração  inocente ,
                      eles  eram assim  tratados ,
                      porque  eram  verdadeiros  gigantes .

                      Guardiões  da  ética  e  do  saber  político ,
                      e ,  da  moralidade  nacional ,
                      não  imaginava  eu,  que  ao  crescer ,
                      sofresse  uma  decepção  sem  igual .

                      Hoje ,  já  caminhando  prá  velhice ,
                      reconheço ,  que  tudo  que  eu  pensava ,
                      era  só  uma  criancice ,
                      eu  estava  equivocada  ,
                      não  existem políticos  gigantes, 
                     no  seio  da  Pátria  amada .

                     É  um  jogo  de  conveniências ,
                     e ,  de  conchavos  políticos ,
                     é  o  triunfo  da  corrupção ,
                     fazendo  vencer  os  mais  ricos .

                     E ,  o  meu  sonho  infantil  se  desfaz ,
                     não  existem  gigantes  na  cena  pública ,
                     são  apenas  sombras  de  anões  projetadas ,
                     no  imaginário  do  povo ,
                     dessa  terra  tão  amada .

                     São  figuras  de  estaturas  reduzidas ,
                     e ,  incipiente  compromisso  popular ,
                     que,  projetam  sombras  desiguais ,
                    iludindo  a  nossa  mente ,
                    que  nos  enganaram  hoje ,
                    mas ,  não  nos  enganarão  para  sempre .


                                        Socorrinha Castro /  florzinh@
florzinha
Enviado por florzinha em 03/12/2005
Reeditado em 09/12/2005
Código do texto: T80402
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Socorro Teixeira de Castro ( Flozinha)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
florzinha
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 64 anos
4138 textos (1195111 leituras)
5 e-livros (3402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:12)
florzinha