Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Setembro

Pensas, o crepúsculo compensa...

Força extinta não reconheço,
Sinceridade sequer...
Não mais do que viver,
Ainda mais sobreviver...

Vai embora o mês de Setembro,
Tempo que o coração condena:
Lapso da memória e do desejo.

Não falo nem penso:
Janela aberta por onde entra o vento.

Amor sem aflição,
Poucos minutos e falta-lhe coração;
O deserto ressoa,
Deixa p’ra trás vislumbres de tempo veloz.

DonnieDarko
Enviado por DonnieDarko em 04/12/2005
Código do texto: T81038
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DonnieDarko
Cachoeirinha - Rio Grande do Sul - Brasil, 35 anos
11 textos (446 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 11:07)