Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO - CICLO POEMA. (II)

Sonetos do poeta Malume (Manoel Lúcio de Medeiros)


Correr de bike na estrada, para mim é uma canção,
As rodas tocam na estrada, mas cantam no coração!
Só na minha bicicleta, faço mil e uma aventuras,
A mania de correr pode ser até loucura,

Mas ninguém me rouba o gosto, de correr neste prazer,
Deslizando no asfalto, com tantas coisas pra ver,
Matas nativas a vista, glórias do cicloturista!
Na aventura de ciclista, já ganhei em campeonato,

Eu girei como besouro, e voei feito um pato!
Pedalei de sapatilhas, fiz piruetas no espaço,
Quase perdi o meu coro, mas não levei desaforo,

Resisti todo o cansaço, mas, trouxe a taça de ouro!
Sou um ciclista veloz, disputo em qualquer canto,
Já caminhei no Brasil, por terra eu já corri tanto!


Direitos autorais reservados.

Malume
Enviado por Malume em 05/12/2005
Reeditado em 05/12/2005
Código do texto: T81108
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16875 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:40)
Malume