Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO - CICLO POEMA. (VI)


Sonetos do poeta Malume(Manoel Lúcio de Medeiros)


No velódromo corri, jamais sofri acidente,
Eu posso até ter caído, mas nunca perdi um dente,
Quando se ama um esporte, as aventuras são quentes,
Desafiamos perigos, e coisas que a gente sente!

Só quem ama o ciclismo, felicidade é presente!
Lá no pódio do ciclismo, eu também já tive prêmio,
Namorei de bicicleta, fui até grande boêmio,
Pedalei nas madrugadas, para ver minha nubente!

Na estrada corri muito, mas nunca tive uma dor,
Toda força que gastei, se transformou em vigor!
Amo a minha bicicleta, meu transporte favorito,

Por ela dou minha vida, por ela dou até grito,
É minha moda, é esporte, que mexe meu coração,
Quando pratico ciclismo, eu entôo até canção!


Direitos autorais reservados!
Malume
Enviado por Malume em 05/12/2005
Código do texto: T81175
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16865 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:51)
Malume