Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM STATUS



Homem, carne viva e andante,
De mãos assustadoras,
Das efígies mal cicatrizadas,
Nas margens da elite.

Expurgado e sem fontes,
De evolução social ignóbil,
Alguém de corpo e espírito,
Homine criado por Deus.

És tu! Ó salafrário,
De pernas trêmulas,
E de mãos suspensas,
Abjeto de planos sociais.

Mendigando o pão da fome,
Nos becos, nas esquinas,
Nas lojas, praças e avenidas,
Nos bares e restaurantes.

Ó infeliz, eu te conheço,
És um ser humano,
Dotado de dualismo,
Filho do grande Brasil.

País rico em alimentos,
De 8.511.956 km2,
És pó da politicagem,
Dos homens do governo.

Qual a tua origem social?
Pobre sem sociedade,
Sem família e sem habitat,
Lutando por um pedaço de terra.

Sem emprego e infausto,
Procurando o pão nosso,
Vivendo de migalhas,
Doente e às vezes aleijado.

(D.R.A)
ERASMO SHALLKYTTON
Enviado por ERASMO SHALLKYTTON em 07/12/2005
Código do texto: T82238
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ERASMO SHALLKYTTON
Caxias - Maranhão - Brasil
4168 textos (2055924 leituras)
1 áudios (971 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:41)
ERASMO SHALLKYTTON

Site do Escritor