Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU EU

O eu profundo me diz:
-Pare e fique a analisar
Se sua vida fosse infinita
Como a areia do mar.
O outro eu, se revela
Respondendo à mim então:
-Se você não fosse Célia
Seria gente ou não?
Mas, meu eu, que é mais esperto,
reluta a retrucar:
-Se eu não fosse como sou,
como poderia amar?
Segue a luta constante
De um eu comigo e
meus outros eus...
Pois como numa balança
ou numa dança de salão,
num giro, num rodopio,
todos eles se apertam
prá tirar-me o coração
e levar-me a razão.
Célia F
Enviado por Célia F em 13/12/2005
Código do texto: T85418
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Célia F
Diadema - São Paulo - Brasil, 57 anos
130 textos (4683 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:19)
Célia F