Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ADEUS

Um dia ,certamente diremos adeus...
O riso tornar-se -á pranto.
A alegria,será lembrança.
Haverá muito o que recordar
E nada para esquecer.
E o que dizer?
Da alegria que foi compartilhar a vida
passear,
olhar o mar,
sorrir e poder cantar.
Estar juntos,mesmo que por tempo breve.
sentir que em meio a tanta dificuldade
ainda restava alguém para dedicar amizade.
Hoje afirmo que com certeza desejaria,
ser o exemplo que não fui.
a amiga que não fui,
a mulher que não fui,
a mãe que não fui.
Mas de que adianta agora,
escrever em vão?
Será que em meio a tanta recordação
não existirá alguém que  por me amar tanto
haverá de chorar?
Talvez sim, talvez não...
Pena que quando se diz adeus,
nós que partimos, não podemos contemplar
a figura daqueles que estão ao nosso lado
para velar...
Célia F
Enviado por Célia F em 13/12/2005
Reeditado em 21/03/2016
Código do texto: T85545
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Célia F
Diadema - São Paulo - Brasil, 57 anos
130 textos (4683 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 03:56)
Célia F