Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ser Grande

Hoje acordei melancólica
Sentindo saudades de minha infância
Quando brincava de casinha
Com minhas irmãs e primas.

Eu vestia roupas e sapatos da mamãe
Era tão fácil “ser grande”.
Fazia lanchinhos, arrumava a casa
Dava remédios para as bonecas de pano.

Tudo era festa!
Que saudades...
 
O tempo passou, a infância também
Hoje eu sou a mamãe
E acho tão difícil “ser grande”.
 
Falta-me o colo para chorar,
Fazer manha, me aninhar e dormir.
Falta tempo para chorar
De dor, cansaço, saudade.

Seja do que for
Chorar por chorar.
Para aliviar o coração
Sem sentir vergonha
Por “Ser grande”.
olhosdepoeta
Enviado por olhosdepoeta em 30/03/2005
Código do texto: T8661
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
olhosdepoeta
Piracicaba - São Paulo - Brasil
69 textos (9091 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:30)
olhosdepoeta