Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ATO INTOLERÁVEL

O pai grita num tom arrogante e bruto:
Menino danado olha o que você fez?
Quebrou o meu vaso e te darei meu recado...
tanto que bateu no filho,
que também quebrou algo
bem mais valioso do que o vaso:
Quebrou do filho o braço.


E o levou para o hospital,
mais antes o filho fora avisado:
Diga menino levado que caiu por cima do braço.
Pois se disseres a verdade
te quebrarei a perna
e quem sabe até o teu espinhaço.


E assim foi feito,
o menino disse o que o pai havia mandado.
Voltou do hospital num silêncio sacro
com o braço todo engessado.


O pai sentou-se, ligou a televisão
e, ainda disse para a mulher:
ele teve o que mereceu.
Aquele vaso que eu gostava tanto,
foi o meu patrão quem me deu.
Vai ser muito difícil encontrar outro igual,
mas o braço do moleque,
daqui a alguns meses,
eu sei que vai ficar normal.
       
Fim desta, Cristina Maria O. S. S. - Akeza.
Akeza
Enviado por Akeza em 17/12/2005
Reeditado em 12/03/2015
Código do texto: T87342
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akeza
Canavieiras - Bahia - Brasil, 55 anos
2367 textos (403226 leituras)
59 áudios (108005 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:30)
Akeza