Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BARTIRA.

O Poeta declamaria
Sobre a Deusa Bartira,
A linda guerreira,
Filha de Tibiriçá,
Costumava banhar-se
Nas claras águas águas do Tietê.( lenda )
Exclamou um  bêbedo :
-Bartira !!!!

O Poeta continuaria: (modus in rebus)
-Bartira, na lendária ilha,
O seu ponto preferido.
Iria chamar-se Piratininga.
O bêbado exclamou:
- Bartira !!!

O Poeta persistia (post scriptum),
Um dia, quando a guerreira despertou
Já caminhava no meio do céu,
O sagrado deus Guaraci.
A donzela ergue-se
E virando-se viu surgir
Um guerreiro,
Apresentado um corpo musculoso
E belo aspecto,
Não devendo nada
Os sacros deuses.
Logo, a Bartira e o jovem
Amaram-se apaixonadamente.
Clamou o embriagado:
- Bartira !!!!

O Poeta vociferou para o bêbado;
- Conheças a lenda ?
- Eu não? Exclamou o decilitreiro.
O Poeta:
- Bartira, a Deusa ?
O embriagado (Sic ):
- Tudo o que ganho no trabalho,
O Bar tira !!!!!
Sidnei Levy
Enviado por Sidnei Levy em 31/03/2005
Código do texto: T8827
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sidnei Levy
Campinas - São Paulo - Brasil, 71 anos
298 textos (20820 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:15)
Sidnei Levy