Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prescrição


O mundo não tem remédio
Toda bula da prescrição da cura pela verdade
tem mentiras colaterais, aplaca o mêdo
mas não cura os ais
E felizes vivemos no ermo de nossas insanidades

Em qualquer idade

A vida não é imprópria para maiores ou menores de alma
E ainda tem-se que manter a calma
Limpar os pés das sujeiras deixadas pelos rastros
das gerações saturadas de inúteis orações
Pentear os sentimentos desalinhados
pra poder parecer-se asseado diante da própria imagem
Que linhagem!
Dê-me apenas anestesia para que possa saldar a dor de meus dias
Esses que vêm e vão
Oh vida! És carrocel a girar em meio ao cemitério
E aos vitupérios, deito na cama e sonho com um novo amanhã

Outra vez?
leandro Soriano
Enviado por leandro Soriano em 19/12/2005
Reeditado em 19/12/2005
Código do texto: T88282
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandro Soriano
Santos - São Paulo - Brasil, 59 anos
199 textos (8375 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:29)
leandro Soriano