Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Nuvem

Solta no céu azul ofuscante
Junto ao Sol, num intenso brilhar
Ligeira, desfilar radiante
Uma nuvem suspensa no ar

Branco infinito, beleza alva
Qual manto de um véu que esvoaça
Por sobre o mundo, salva
Muito acima da dor e da desgraça

Imaculada e pura
Mãos dadas ao vento que lhe guia
Por sendas incertas, mas segura
Qual criança cuja mãe atenta, vigia

É imponente
O teu vôo solitário e triste
Esplendor que ao sol poente
O poeta sonhador assiste

Inspira, a tua beleza
Ao coração reprimido, liberdade
De teu porte orgulhoso, a realeza
Em teu seio rarefeito, a majestade

Vaga por sobre campos e vales
Ao viajor exaurido dai a sombra
Percorre rios e mares
Ergue-te à montanha que te afronta

Paira ainda um instante
Antes a se perder no horizonte
Por sobre o olhar ermo do amante
Que, apaixonado, ergueu a fronte...

... E viu em ti refletida a sua amada
Nos contornos de um quadro sutil
Fez de ti a terna enamorada
Perdida, no azul anil
André da Costa
Enviado por André da Costa em 21/12/2005
Código do texto: T89160
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André da Costa
Viradouro - São Paulo - Brasil
38 textos (4517 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:01)
André da Costa