Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RESÍDUOS DO FEUDALISMO

Realidade triste
Bairro pobre
Favela
A vida é sitiada
E situada na cela...

Se não há adesão
Muito menos haverá consideração
Sem lei, sem amor na vida
Tropeçar no arquivo da dor
É o acúmulo da imperícia.

A vida nesses lugares foge do consumismo
Para dar vez ao vandalismo
Projeto no lugar de gente
Caos inserido no tempo presente
E a ironia do destino
É que aquele menino franzino
Seria o futuro do País
Porém, ao invés de estudar
Sai catando latas e revirando lixos
Mais nas drogas, não se sente um aprendiz...
Na fase da adolescência
É mais um traficante no show dos “bis!”
E haverá quem diga, que a culpa é da matriz
Porque escraviza a maioria
Para simplesmente, a supremacia ser feliz!
       
Fim desta, Cristina Maria O. S. S. - Akeza. 10/10/2002.
Akeza
Enviado por Akeza em 24/12/2005
Reeditado em 04/06/2013
Código do texto: T90188
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akeza
Canavieiras - Bahia - Brasil, 55 anos
2367 textos (403185 leituras)
59 áudios (108005 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:46)
Akeza