Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A morte do Sapiens e Sapiens

Quem diria que seu fim chegaria
Pois é, chegou
O vislumbramento terminou
A realidade canta
Fim! Fim! Fim!

Enganados pela vaidade
Agora enxergamos,
Pena que tarde
Que o maior dom da vaidade é a falsidade
E envolvidos em sua mentira chegamos ao fim
O erro foi crer que sabiamos que sabiamos
Mentira genial, não!?
Sabiamos viver
Fazemos remédios,
Fazemos bombas
Para proteger-nos, é claro!
Para a nossa inteligência a arrogância jogava confetes
E a morte, que é vivida fez-se de tola
Para com pouco esforço, rir
Afinal sabiamos nos destruir,
Somos inteligentes, fazemos armas!
Aprendemos a ler a carta do fim
Que diz:
Tú me amas?
E, sem pensar pensando que pensamos
Dizemos que sim.

 
diego fernandes da silva
Enviado por diego fernandes da silva em 25/12/2005
Código do texto: T90282
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
diego fernandes da silva
Mogi das Cruzes - São Paulo - Brasil, 73 anos
35 textos (2615 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:23)