Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Vôo

FALAR DE AMOR PARA VOCÊ É COMO UMA GAIVOTA RASGANDO O CÉU AZUL EM BUSCA DA MINHA SALVAÇÃO.
FERI, MAGOEI, MALTRATEI, EGOÍSTA E INSENSÍVEL DESTRUI A PEDRA MAIS PRECIOSA QUE JÁ PUDE TER EM MEU PORTA JÓIAS, VOCÊ !

O QUE FAÇO PARA RESGATAR TODO ESTE MAL QUE TE CAUSEI ?
TERÁ DEUS PIEDADE DE MIM?
COMO FAÇO PARA TRAZE-LO AQUI JUNTO DO MEU PEITO, AMARGO COMO FEL QUE SEM PIEDADE DERRUBOU LÁGRIMAS DESTE SEU LINDO E ÚNICO OLHAR.

OLHAR VERDADEIRO QUE JÁ PUDE CONTEMPLAR, NESTE MOMENTO PODES PENSAR QUE TODAS ESTAS PALAVRAS, SAEM COMO AS FLECHAS QUE EM TI LANCEI, MAS A ÚNICA VERDADE É QUE AMEI...

MAS NUNCA NINGUÉM ME MACHUCOU COMO ESTOU AGORA, SENTINDO O PESO DAS MINHAS FALTAS E DESAFETOS.

SENTINDO O PESO DE TUDO QUE DESTRUIU...E COM ORGULHO FERIDO E VENCIDO TE DEVOLVI...

QUE EM TUAS ORAÇÕES EU POSSA ESTAR, PARA QUEM SABE UM DIA ME SALVAR !!!!

QUE EM MINHAS ORAÇÕES VOCÊ PERMANEÇA...PARA QUE NUNCAS ME ESQUEÇA...

(15/12/2002)
Paula de Lima
Enviado por Paula de Lima em 29/12/2005
Código do texto: T91569
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Paula de Lima
São Paulo - São Paulo - Brasil, 44 anos
102 textos (15464 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:18)
Paula de Lima