Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JOGO DE PALAVRAS:


Jogo de palavras

Alguém, um dia, disse a mim, que, o soneto.
Era apenas, um jogo, de palavras cruzadas.
E, que se bem colocadas, formariam, versos.
Sem inspiração, como, poesias programadas.

Posso até estar errado, mas não penso, assim.
Pode até ser, um jogo, mas, um jogo, de amor.
Que flui de nossa alma, e chegam até as mãos.
De quem escreve poesias, seja, lá ele quem for.

Sejam poetas, ou escritores, eles têm nas mãos.
O poder de transformarem, nossos sentimentos.
E fazer deles uma bandeira, em defesa do amor.

Passar para o soneto, não, um jogo de palavras.
Mas, um jogo de sentimentos, na luta pelo bem.
Faz, com que o poeta, não seja apenas, sonhador.





Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 30/12/2005
Reeditado em 30/12/2005
Código do texto: T92064
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147462 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 11:00)
Volnei Rijo Braga