Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha Mãe

Hoje você não está mais aqui,
Não posso te ver,
mas posso sentir você.
Mãe, se eu pudesse,
te traria de volta
para poder, neste momento,
deitar em teu colo e chorar.

O Pilar principal que sempre me sustentou
e me colocou de pé não está mais aqui.
É você, Mãe, que tão cedo se foi...
Você que sempre soube, como uma guerreira,
lutar sozinha para sustentar tuas filhas...
Você que até fome passou
para que tuas filhas não tivessem fome...
Você que trabalhava de manhã à noite
para poder dar o mínimo de conforto as tuas filhas...
Que, ao nascer os neto(a)s,
abandonou o teu trabalho
para me ajudar a criá-los...
Você que, com toda a dificuldade,
por nos faltar um Pai,
soube ser matriarca do Amor...

Você, mãe, que com um simples olhar,
uma simples palavra, me guiava,
e aliviava o meu coração das dores da vida...
Mãe,  preciso de você mais do que nunca!
Mãe, você se foi e levou um pedaço de mim.
E sei que quando eu me for, você estará lá para me receber
e mostrar o quanto a vida onde você está é bela, plena de Amor e Paz,
diferente desta onde agora vivo...

O Amor que você me deu e me ensinou,
fez tornar-me a mulher que hoje sou.
E sei que passei para os meus filhos,
seus netos, o mesmo Amor ensinado por você.
Seus netos que, nos últimos quatro anos de sua vida,
deram-te comida na boca,
banho, trocaram tuas fraldas,
ficaram a beira do teu leito
cuidando de você,
retribuindo tudo o que você fez por eles.
E, o principal, te mostrando, mãe,
que o Amor que você ensinou e plantou em nossos corações
foi a Herança maior que você nos deixou,
junto com esta Saudade
que, a cada ano, dói e marca os nossos corações.
Mãe , Vovó Cremilda, nós te amamos!
E em nossos corações você estará sempre viva!
Mas se eu pudesse,
ah, se eu pudesse...
Eu te traria de volta!

 

Nancy Cobo
Enviado por Nancy Cobo em 02/04/2005
Reeditado em 29/04/2014
Código do texto: T9214
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nancy Cobo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 62 anos
1018 textos (180593 leituras)
4 áudios (1593 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:16)
Nancy Cobo