Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Imagem

              Bem
que poderias ser
Dulcinéa,
Achincalhada,
              Bruxa – Fada,
Quase sempre desencontrada,
serias a mais bela quixotada
de minha vida combalida.
E
montada numa perene fantasia,
              percorrerias
em tresloucada cavalgada,
a mais patética travessia
do meu destino.
Hoje!
Agora !
Já!
E para esse trôpego
e desencantado cavaleiro,
Que resoluto personifica
a triste figura,
implacavelmente pelo tempo
Carcomida,
Reduzida,
Bem que poderias ser
              Dulcinéa.


Do livro Fogo de Lua & outros poemas.
Recife:UBE/PE,2004,p.46.

PS: Todos os meus poemas estão devidamente registrados no escritório de direitos autorais da Fundação Biblioteca Nacional/Rio de Janeiro/Brasil
odmar braga
Enviado por odmar braga em 30/12/2005
Código do texto: T92518
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
odmar braga
Paulista - Pernambuco - Brasil, 64 anos
29 textos (23898 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:10)
odmar braga