Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUERIDINHO.

Ela me dizia:
Queridinho,
Fica calminho
Tudo tem jeito.

Quando quebrou a unha,
Olhou de lado,
Disse baixinho que saco.
Tentou esconder, mas eu vi.
Não perdeu a pose e o sorriso.

Ela me diz sempre:
Queridinho,
Tem paciência,
Fique sempre feliz.

Mas no trânsito estressado,
Pisa fundo no pedal,
Resmunga pra dentro
Pra não borrar o batom
E sorri.

Ela me diz:
Queridinho,
Nada de estresse.

Mas, na hora em que precisava
Falhou o computador.
Ai eu me mato,
Corria de um lado pro outro
Cheia de mãos e de pernas.
Uma hora dessas
Jogo o computador pela janela...
Queridinho...
jose antonio CALLEGARI
Enviado por jose antonio CALLEGARI em 03/01/2006
Reeditado em 03/01/2006
Código do texto: T94080
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jose antonio CALLEGARI
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
475 textos (25270 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:15)