Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PENSAMENTOS

PENSAMENTOS

Desaba a chuva...
sinto frio.
Penso como a vida passa
veloz...
Em breve, velhos estaremos e
não belos seremos.
A juventude findará e
uma nova fase de nossas vidas
nos desafiará.
Mas enquanto eu jovem for,
minha vida será uma desordem.
Às vezes é difícil esclarecer
tantas coisas...
As experiências tornam-se
raras e nós perdemos o rumo.
Nós cometemos erros,
não sabendo, às vezes, quando e como...
Enfrentamos a verdade e
continuamos
em busca de um caminho estrelar,
mas nos problemas a afundar...
Um dia é ótimo,
outro é negro...
A vida assim é
e não há nada que a convença a mudar.
Temos os amantes,
somos viajantes
de sonhos distantes.
Somos sofredores
na escolha dos
amores.
Meu coração está sozinho,
ninguém surgiu para
entendê-lo,
e o seu interior pede amor
por onde ele for.
Ele tem defeitos e
as minhas fraquezas nele estão presentes.
Será difícil encontrar
alguém que possa comigo trilhar.
A vida é uma estrada
de obstáculos, é travessia...
é uma jovem astuta.
Vou em busca de alguém
preencher esse meu ninguém,
para que a vetusta solidão
jamais ampare meu coração.


ELAINE BORGHI
verão de 2006
ELAINE BORGHI
Enviado por ELAINE BORGHI em 06/01/2006
Código do texto: T95091

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor (Elaine Borghi) e o link para o site www.recantodasletras.com.br/autores/elaineborghi). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ELAINE BORGHI
Campinas - São Paulo - Brasil, 42 anos
56 textos (1486 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:46)