Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Oh, Santa Maria como tu és bela!

Tua dimensão não se iguala
Às qualidades que tu conténs
Presentes em todas as vielas
Oh, Santa Maria, como tu és bela!

Com vastos campos sem capim
Com poeira presentes em nossas goelas
Tudo de ruim, enfim
Oh, Santa Maria, como tu és bela!

Repleta de mulheres gordas e feias
Com sujeira e rachaduras até nas canelas
São tantas mulheres velhas e gaiteiras...
Oh, Santa Maria, como tu és bela!

Meninos sujos e mal educados
Já são marcas presentes na vida desta
Não perdem jamais a oportunidade de ficarem calados
Oh, Santa Maria, como tu és bela!

Uma Santa sem cabeça é nosso monumento
Que cabeça já teve, mas também pudera...
Malandros moleques não sossegam um só momento
Oh, Santa Maria, como tu és bela!

A administração no meio do mato
Vejam só que idéia mais certa
Vive em pleno anonimato
Oh, Santa Maria, como tu és bela!

Bêbados nojentos e fedorentos
Cambaleando nas ruas com suas mazelas
Também são comuns em todos os momentos...
Oh, Santa Maria, como tu és bela!

Jovens, crianças, doidos na rua o tempo todo
Faz parecer daqui uma favela
A diferença é que aqui é mais plano...
Oh, Santa Maria, como tu és bela!

Meninas com roupas "do tamanho da vergonha"
Mais parecem inúmeras camélias
Que andam sem rumo, esperando a cegonha...
Oh, Santa Maria, como tu és bela!

Não quero dizer que não gosto do daqui
Nem quero me desfazer dela ( imagine...)
Nada se compara a Santa Maria
Oh, Santa Maria, como tu és bela!

Ps: Cantiga de escárnio (em tom de desabafo)feita logo após minha mudança para Santa Maria -DF...
Amanda Ribeiro
Enviado por Amanda Ribeiro em 09/01/2006
Código do texto: T96417
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Amanda Ribeiro
Santa Maria - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
90 textos (8458 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:16)
Amanda Ribeiro