Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fria


No encanto da janela,
ouço-a cair...
E cobrir a rua
de modo tão suave, tão leve,
delicado e inquietante...
Consigo sentir o seu cheiro
quente de ternura.
Ao canto da serra,
consigo ver a textura que tem,
o som que irradia.
E falo a sua cor,
de ar tão puro e altivo
e penso como é feia,
parecendo tão perfeita
aos sentidos que atentam...
Mas, observam,
não conhecem a frieza,
a frieza sentida
ao toca-lhe sem luvas...
E confunde-se com a beleza,
sendo, a neve tão fria...

16 de Dezembro de 2003

Vera Lorena
Vera Lorena
Enviado por Vera Lorena em 13/01/2006
Código do texto: T98214

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vera Lorena
Portugal
31 textos (930 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:59)
Vera Lorena