Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIA DO ESCRITOR




D epois de muito eu andar sozinho,
I sso sempre me trazia a  solidão,
A ssim mesmo fui seguindo meu caminho.

D eixei marcas bem profundas pelo chão,
O nde andei, fui procurando uma razão.

E ntão, quando me fiz consciente.
S onhador, eu criava meu momento.
C ada passo que eu dava imprimia
R astros fundos que ficavam no cimento.
I sto eu fui somente aprendendo,
T oda vez que batia o sofrimento.
O nde ainda eu procurava esquecer
R estos cármicos, que eu tinha com o saber.

 25/07/06-VEM

Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 25/07/2008
Reeditado em 25/09/2010
Código do texto: T1096576

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (122099 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/03/21 13:12)
Vanderleis Maia