Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

*** ROSAS PRA MINHA FLOR ***

           *** ROSAS PRA MINHA FLOR ***

R*Régia como uma vitória régia, a rosa musa das flores.
O*Ornaste meu coração com o seu delicado e fiel amor
S*Suas rosas têm do arco-íris a fonte de todas as cores
A*Amá-la me faz bem, o seu amor tem paixão e fervor
S*Sem você um dia, a vida perde todos os seus sabores.

P*Pode acreditar em mim, meu coração é seu só seu.
R*Resolvi te querer por ter querer, eis a minha aranha.
A*A vida passa lá fora, aqui dentro construímos o céu.

M*Muito do que sou hoje devo a você, minha alma gêmea
I*Irradiamos amor por onde passamos nos amamos muito.
N*Nunca vivi um amor assim, temos um caso minha fêmea.
H*Horto das rosas/flores, o nosso amor é parte do séquito.
A*A vida nos ensinou que o amor é uma ponte espontânea

F*Fomos e somos uma grande dupla que transpiram a paz
L*Lua do meu sol, eu te amo, eu estou preso na suas teias
O*O seu amor eu carrego em mim, sou o teu eterno rapaz.
R*Rosa minha flor é seu sangue que corre em minhas veias

José Aprígio da Silva.
“Lorde dos Acrósticos”
Águas Lindas de Goiás/GO
Sexta-feira – 2009/05/15 – 23h33.
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 23/05/2009
Reeditado em 21/08/2011
Código do texto: T1611030

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 60 anos
1891 textos (180375 leituras)
1 áudios (51 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 20:20)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA