Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desempregado

L evantei da cama incapaz de manter-me de pé - DESEMPREGADO.
E ram meus sintomas: a vista embaçada, a apatia e o medo.
V iver é duro, mas não vou permanecer parado, ficou decidido.
A diantei um passo, depois outro, mas carecia de afastar o pânico.
N ada tens a temer, repeti demasiado o mantra sagrado.
T odo obstáculo superado resulta em conhecimento e aprendizado.
E rgui a cabeça e olhei pra fora da janela, o sol, que brilho vigoroso!
I mpulso natural levou-me direto pra debaixo do chuveiro.
-
M eu banho demorado recompôs o ânimo e deu-me alento.
E legante e perfumado fui atrás de um novo emprego.
Dilucas
Enviado por Dilucas em 14/12/2017
Reeditado em 15/12/2017
Código do texto: T6198517
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Dilucas
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
88 textos (10610 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/02/20 18:56)
Dilucas