Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homenagem a Todas as mulheres

Que me desculpem os homens, mas essa agora é para elas, as mulheres.
Elas que são tantas. Imprudente seria eu em colocar apenas alguns nomes, então, generalizo a uma e única palavra divina, MULHERES.
Toda mulher forma uma barreira protetora para se proteger desse mundo incrédulo e injusto que adora formar suas vitimas.
Oh mulheres!
Tão sonhadoras e ao mesmo tempo tão realista, fortes como uma pedra, delicadas como uma flor. Sua feminilidade encanta, seu sorriso hipnotiza e mesmo assim conseguem viver nesse mundo.
Como dizia o poeta:
A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida.
Toda mulher tem que ter um pouco que chora, um pouco que ri e um pouco que sonha.
Elas, que clareiam o ambiente quando ali estão, mulheres.....
Tão complexas e ao mesmo tempo tão simples, apenas querendo um ombro amigo para chorar, apenas querendo um grande amor para viver, apenas querendo ser feliz quando puder.




Essa foi uma pequena, humilde e, podem ter certeza, sincera homenagem a todas as mulheres.
Se você que estiver lendo esse pequeno texto for mulher, todas essas palavras são para você. Se for homem que estiver lendo, lhe falo uma coisa: Ame essas mulheres, que querem apenas o seu amor.



alanbrito
Alan Brito de Mello
Enviado por Alan Brito de Mello em 23/08/2007
Reeditado em 27/08/2007
Código do texto: T620876

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Alanbrito de mello) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alan Brito de Mello
Poá - São Paulo - Brasil, 28 anos
183 textos (7449 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 00:01)