Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JARILENE

J  á estava na hora,
A  pareceu na minha vida um amor! Aninha...
R  uiva, pele macia, cheirinho bom... Tinha uma
I  rmã, a Jarilene.
L  ogo vi que não ia correr bem... que criatura
E  squesita! Enquanto Aninha e eu
N  amorávamos, vinha a estranha se
E  nroscando, contorcendo, se dizia galinha e queria botar ovos!
   Nem te conto de quê o chão ficava sujo.

Por hora é só..
TMatos
Enviado por TMatos em 19/10/2007
Reeditado em 19/10/2007
Código do texto: T700752
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
TMatos
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 32 anos
84 textos (21850 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 18:16)
TMatos