Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu DOCE NOVEMBRO

Decidamente és talvez!
Onde caberia tanto paradoxo?
Céu, Lua e Sol
Entendem e consagram o momento
 
Não há conformação ou humildade
Ostentação ou cobrimento
Você é seu nome mais o que eu quero
Entenda e aceite
Mereça e respeite
Bolhas de sabão não vão para onde o vento quer
Rochedos não são tão imóveis
Oasiano: tua naturalidade
Lia Tavares
Enviado por Lia Tavares em 30/10/2007
Reeditado em 12/11/2007
Código do texto: T716461

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lia Tavares
Fortaleza - Ceará - Brasil, 35 anos
200 textos (10346 leituras)
4 e-livros (1257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 09:58)
Lia Tavares