CHUVA

Carece de razão o meu eu lírico

Hoje, a chuva veio e me lavou

Uniu-me ao óbvio

Vento, o trovão

Alagou meu coração, alagou

Mereço cada tropeço

Enfim, o preço

Atormentada água

Fome sedenta de chuva

Onde estás minha dor?

Granizo do padecimento

Urgência lógica

Enfim, a incógnita do ex-amor

Matheus ACF
Enviado por Matheus ACF em 11/01/2022
Reeditado em 11/01/2022
Código do texto: T7427294
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.