Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Subôrno

 
    Deixou o lençol caído,numa pendencia ignorada
    Cerrou a porta,e fugiu.
    Como se lhe sobrasse alguma dor,
    o corpo do outro,se ergueu levemente
    sem chorar,buscou o copo dágua
    e,numa velha mania,
    ingeriu o sonífero,respirou fundo
    e mergulhou no sonho
    sobre a mesa,completamente disponível...
Sonia Aimée Laupman
Enviado por Sonia Aimée Laupman em 03/12/2007
Código do texto: T762967
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Aimée Laupman
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
60 textos (2196 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 04:12)
Sonia Aimée Laupman