Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Resumo do Livro - Julgamento Poético

Julgamento Poético
Gisele Leite
ISBN 978-85-61689-06-3

Alguém já disse que a “poesia é uma confissão pública”. De fato o é, visto que, trata-se de uma ação unilateral de se autorrevelar e de atrair o crivo alheio sobre questões ou percepções sensíveis, atinentes à individualidade ou anseios íntimos.

E como crivo significa, também, “olhar atento ou apurado”, esta oitiva poderá vir ou não acompanhado da devida vênia. Assim, o desabrochar do coração do poeta, a despeito de tudo que o motivou a se exprimir, faz uma extensa conexão com aquilo que ele mesmo cria na imaginação das pessoas.

Tendo em vista, que esta imaginação interage, eminentemente, emitindo sentenças; chega-se, portanto, a algo vultoso e virtuoso. É vultoso por abarcar variados sentimentos em níveis complacente e condescendente ou alçou um grau antagônico, sendo então, supercilioso e implacável; todavia é, também, virtuoso por que a virtuosidade fala e nos remete a coisa amplamente remexida e o que fica ou resta é bastante consistente em termos de valor.

Entretanto, coisa muito mexida, neste contexto, quer dizer coisa bem revista, ou seja, rigorosamente julgada; à exaustão tornou-se a faceta de todos.


Quando a vida, em seus eventos de magnificência e de precariedade, é ajuizada conforme a linguagem mista da razão e emoção, com uma leve predominância desta segunda, o que se terá, em consequência, é um julgamento poético.

No entanto, em poesia, o julgamento é ardente, fogoso e intenso; mas nunca inflexível e irrevogável, visto que, face aos devaneios, lamentações, alegrias ou felicidade, bem como  mediante expectativas ou esperança; nada conseguirá, como proeza, ser permanente.

Inexoravelmente, será uma leitura empolgante. O leitor poderá constatar o que um julgamento poético é capaz de dizer ou de nos fazer imaginar.

---------------------------------------------------------------------------------
Participe da nova antologia que organizo. Acesse www.editorapalavraviva.com.br
Radamés Ferreira Sacramento
Enviado por Radamés Ferreira Sacramento em 11/05/2018
Reeditado em 16/05/2018
Código do texto: T6333982
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Radamés Ferreira Sacramento
Salvador - Bahia - Brasil, 44 anos
114 textos (2998 leituras)
1 e-livros (23 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/05/18 12:11)
Radamés Ferreira Sacramento